A gripe, ou influenza, é prevenível por vacina e está entre as viroses mais frequentes em todo o mundo. Ela pode causar complicações principalmente em crianças pequenas, idosos, gestantes e pessoas com comprometimento da saúde (portadores de doença cardíaca ou respiratória, diabetes, trissomias, obesidade, deficiência da imunidade, entre outras).

Estudos revelam que a gripe causada pelo vírus influenza compromete a saúde de 21%-29% das crianças e de 4%-9% dos adultos em todo o mundo anualmente. Em muito casos, a infecção pode levar a hospitalização e morte, especialmente entre os muito jovens, idosos ou doentes crônicos, grupos de maior risco. Estima-se que as epidemias anuais de gripe resultem na morte de aproximadamente 498 mil pessoas e cerca de 4,7 milhões de casos graves da doença no mundo.

Com início inesperado, os sintomas da gripe são: dores no corpo, dor de cabeça, dor de garganta, febre, calafrios, tremores, tosse seca, perda de apetite e coriza.

A pneumonia é a principal complicação é causa de morte em decorrência da gripe e as vacinas de gripe (trivalente e quadrivalente) previne da doença e evitam que você transmita o vírus influenza para outras pessoas.

A transmissão inicia 24 horas antes dos sintomas e dura de cinco a dez dias após o surgimento. Em pessoas com imunidade comprometida e crianças esse período pode durar mais tempo.

A gripe é causada por mais de um tipo de vírus influenza, classificados como A e B, e cada um possui subtipos. Os associados ao tipo A recebem nomes como, por exemplo, A(H1N1), A(H3N2) e A(H7N9), sendo os dois primeiros os que circulam entre humanos atualmente. Já os vírus tipo B são classificados como de linhagem Victoria e linhagem Yamagata.

Os vírus influenza A estão sempre se modificando com o objetivo de enganar os agentes responsáveis pela defesa do organismo, os anticorpos. Essa capacidade de mutação e produção de novos tipos faz com que seja necessária uma atenção constante em todo o mundo. A partir de informações cedidas pelos centros coordenados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) é definida a composição das vacinas que serão indicadas a quem vive no hemisfério Sul ou no hemisfério Norte anualmente. Isso torna necessária a vacinação anual a melhor forma de prevenir contra a gripe.

Sobre as Vacinas disponíveis

  • Vacina de Gripe Trivalente, com duas cepas de vírus A e uma cepa de vírus B;
  • Vacina de Gripe Quadrivalente, com duas cepas de vírus A e duas cepas de vírus B.

As vacinas são inativadas, portanto, não tem como causar a doença.

A formulação das vacinas contém proteínas de diferentes cepas do vírus Influenza que são definidas anualmente conforme orientação da OMS, organização que realiza a vigilância nos hemisférios Sul e Norte. Como as cepas vacinais são cultivadas em ovos embrionados de galinha, as vacinas contêm traços de proteínas do ovo em sua composição.

Cuidados especiais para a vacinação contra a gripe

  • Em caso de temperatura acima de 37,8 graus (febre), a vacinação deverá ser adiada até que ocorra melhora.
  • Pessoas com histórico de alergia grave ao ovo de galinha, com sinais de anafilaxia, devem receber a vacina em ambiente com condições de atendimento de reações anafiláticas, como a clínica de vacinas Sorocaba Vacinas e permanecer em observação por pelo menos 30 minutos.
  • Recomenda-se utilizar compressas frias para aliviar a reação no local da aplicação. Em casos mais severos e sob recomendação médica, pode-se usar medicação para dor.
  • Qualquer sintoma adverso que se prolongar por mais de 72 horas, deve ser investigado para verificação de suas causas.

Entre em contato pelo WHATSAPP!

Tire todas as suas dúvidas sobre as vacinas, métodos de vacinação, calendário vacinal e muito mais!

NOSSOS SERVIÇOS

Como a SOROCABA VACINAS pode te ajudar?

Preencha os campos ao lado e nós retornaremos o contato com a resposta sobre suas dúvidas e/ou sugestões.